Lego está usando plástico de cana de açúcar nos brinquedos

Lego vai usar plástico de cana de açúcar nos brinquedos

 

Lego passa a usar plástico de cana de açúcar
Lego passa a usar plástico de cana de açúcar nos seus brinquedos

 

O plástico é o nosso grande desafio atual. Ele já foi uma espécie de faz-tudo e um confiável indicador de desenvolvimento de um país. Ninguém escapa dele. Ele está nos brinquedos, na escova de dentes, na sola do pé (em tênis, sandálias, sapatos), na cozinha inteira, no carro, no avião, nos cosméticos e em próteses médicas. Em suas várias formas e usos, agora nos desafia a repensar seu conceito e reavaliar seus efeitos no meio ambiente, já que ele tem causado muito estrago, principalmente nos oceanos.

O plástico derivado do petróleo não é biodegradável, isto é, não é degradado por micro-organismos, como fungos e bactérias. Quando são descartados, acabam permanecendo no meio ambiente por décadas e até séculos, agravando ainda mais nosso problema de acúmulo de lixo e poluição da água, solo e ar.

Impacto positivo no mundo

Lego passa a usar plástico de cana de açúcar
Lego passa a usar plástico de cana de açúcar nos seus brinquedos

A boa novidade é que tem gente criando plástico de matérias primas vegetais e a Lego, conhecida marca de brinquedos, parece ter encontrado um candidato para a substituição do plástico de origem fóssil na produção dos seus brinquedos.

A empresa busca, desde 2015, uma alternativa sustentável mas só agora começará a produzir uma linha de Legos feitos de um plástico baseado no etanol, que é produzido do resíduo da cana-de-açúcar. Inclusive, essa primeira coleção de Lego será composta por peças que imitam árvores e plantas e chegará ao mercado ainda este ano. Bem apropriado, não?

“Estamos trabalhando duro para fazer ótimos produtos para crianças usando materiais sustentáveis, disse Tim Brooks, vice-presidente do Lego Group. As novas peças feitas de polietileno baseado em cana-de-açúcar tem as mesmas propriedades que polietileno convencional. Infelizmente, o polietileno verde não é biodegradável, mas pode ser classificado como um bioplástico, pois, de acordo com a definição da European Bioplastics Association, plásticos produzidos a partir de fontes renováveis e/ou plásticos biodegradáveis são classificados como bioplásticos ou biopolímeros.

Plástico verde brasileiro

Lego passa a usar plástico de cana de açúcar
Plástico feito de cana de açúcar é bioplástico.

O plástico verde é de origem renovável, 100% reciclável e não contribui para o aquecimento global. E sabe o que é legal também sobre esse plástico feito da cana-de-açúcar? Ele é brasileiro! Produzido pela Braskem, empresa química brasileira, desde 2010, seu processo consiste em fermentar a cana-de-açúcar para produzir o etanol, que é então convertido para etileno, o precursor do polietileno. Estimativas apontam que um hectare de cana-de-açúcar gera três toneladas de plástico verde.

A empresa planeja usar o plástico verde em toda as principais peças Lego e suas embalagens até 2030. E iniciativas sustentáveis estão cada vez mais presentes nas políticas do Lego Group investirá US$ 150 milhões em pesquisa de bioplásticos para brinquedos e embalagens. Além disso, no ano passado a companhia comprou 100% de suas necessidades energéticas de fontes renováveis.

About Author

Related posts

O desenho do seu filho pode ser exibido no ZooMoo no “De Criança para Criança”!

O desenho do seu filho pode ser exibido no ZooMoo no “De Criança para Criança”

O desenho do seu filho pode ser exibido no ZooMoo no “De Criança para Criança”! Você sabe que o ZooMoo tem um programa com desenhos que são feitos pelas próprias crianças, né? As histórias e desenhos incríveis ganham vida...

Leia mais

Give a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.